quinta-feira, 26 de junho de 2008

Por ti... Para ti...



Por ti o sol nasce todas as manhãs...
O sonho pinta-se de esperança,
Sou um brinquedo, sou um jogo,
Nas maõs de uma criança.
Por ti sou luz, sou alegria,
Vivo em sonho, em fantasia,
Hora adormece, hora nasce...
Te deixar... como poderia?
Para ti...
Que conheces todos os meus segredos,
Que partilhas os meus anseios,
Divides as dores, os medos...
Nas noites de devaneios.
Por ti meu amor...
Brilham os meus olhos,
Sobrevive o meu coração,
Inspiram as minhas palavras,
Faço da vida uma canção.
Por ti... só para ti...
Que não és carne da minha carne,
Nem sangue do meu sangue,
Por ti... só para ti...
Sem dor, sem ferida...
Eu sou, eu dou...
A vida... da minha vida

Um comentário:

margarida disse...

isto é estar apaixonada
é gostar
é amar....
desejo-te toda a sorte do mundo