domingo, 22 de junho de 2008

houve um dia...

Houve um dia...
O coração falou de amor,
De paixão e de querer...
Um sonho para viver!
Eu não entendia...
O que acontecia,
Só queria perceber
O pulsar acelerado
O corpo a tremer
O coração a saltar
De vontade de te ver
Te beijar e te abraçar
E nos teus braços ficar
Para ali adormecer...
Feitiço ou amor
Não explicam as palavras
Só os meus olhos que falam...
Do desejo de viver
O amor que chegou
Sem aviso e ficou
Aqui no meu peito
Em cada amanhecer
Em cada anoitecer
Chama o meu coração
Por ti... para viver!

Um comentário:

margarida disse...

pois o amor chega sem aviso entra no nosso coração sem pedir depois custa a sair, as vezes ja nem sai...
quando o amor e verdadeiro fica para sempre